Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Indústria da aviação aposta em “retomada verde” para superar crise
Início do conteúdo da página

Indústria da aviação aposta em “retomada verde” para superar crise

  • Publicado: Terça, 06 de Outubro de 2020, 04h26
  • Última atualização em Terça, 06 de Outubro de 2020, 04h26

Ao longo da história, diversos momentos marcantes da humanidade influenciaram diretamente no desenvolvimento da aviação. O motor a jato foi herança da Primeira Guerra, chegando à aviação comercial sete anos após o fim do conflito. Os procedimentos de segurança, cada vez mais rígidos, talvez não existissem não fosse o 11 de setembro.

Foi o ataque de 2001 que trouxe à tona uma demanda por aviões mais econômicos e, consequentemente, menos poluentes. Com clientes morrendo de medo de voar e com a sua principal despesa a níveis estratosféricos, a conta não fechava.

Menos de dois anos após o ataque, surgia o Boeing 787: a primeira aeronave feita principalmente com fibra de carbono, um material resistente e ultraleve que possibilita uma economia de combustível de até 20% em relação à geração anterior. É a mesma taxa de economia prometida hoje, quase 20 anos depois, pelo Flying-V, projeto de aeronave “diferentão” da Airbus cujo protótipo voou pela primeira vez em setembro. Leia mais

registrado em:
Fim do conteúdo da página